Publicação do CFP sobre Psicologia Escolar é lançada no DF

6

saibacomofoipsinaed

CRP 01 realizou uma mesa-redonda com as organizadoras do livro

Na noite desta quinta-feira (3), o Conselho Regional de Psicologia do Distrito Federal (CRP 01/DF) organizou o lançamento do livro “: que fazer é esse?”, em Brasília. Uma mesa-redonda debateu as questões suscitadas pela publicação e a conjuntura política atual envolvendo o tema da Educação.

O livro, lançado pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP) em agosto, tem como organizadoras a conselheira Meire Viana e a pesquisadora Rosângela Francischini, ambas da Comissão Nacional de Psicologia na Educação (PsinaEd/CFP).  Dividido em três partes, a publicação aborda os seguintes temas: “Reflexões teóricas sobre a Psicologia na Educação”, “a Psicologia diante dos desafios da Educação inclusiva” e “compartilhando práticas em Psicologia Escolar”. Clique aqui para baixar a versão digital.

Francischini explica que a divisão do livro reflete a preocupação da Comissão com o tema da diversidade e pluralidade nas escolas. “A nossa sociedade, da forma como está constituída, acaba exigindo que as pessoas que não se ajustam à ordem estabelecida, tenham que lutar para ter seus direitos garantidos”, constatou a psicóloga. “A escola é um espaço por excelência do exercício desse diverso, do confronto de ideias. O papel do psicólogo também é favorecer esse exercício, com respeito, tolerância e diálogo, levando a um efetivo desenvolvimento e autonomia das pessoas”, concluiu.

DSC_0590

Sistematização e formação

Durante o debate, a professora Maria Claudia Oliveira, também membro da PsinaEd/CFP, contou que a ideia do livro surgiu da necessidade de aplacar a falta de sistematização de experiências das (os) psicólogas (os) nas escolas e a divergência quanto aos paradigmas utilizados na área.

DSC_0603

“Entendemos que nosso papel também era contribuir para a formação continuada desses profissionais e foi aí que a gente começou a se dedicar à construção do site do PsinaEd; a promover os debates online mensais, com especialistas de diferentes áreas; e à sistematização das nossas reflexões, que resultou neste livro”.

Vanuza Sales, presidente do CRP 01/DF e membro do PsinaEd/CFP, considera que o trabalho desenvolvido pela Comissão é um legado para essa área do conhecimento da Psicologia. Ela relembrou a importância do seminário “Psicologia Escolar: que fazer é esse?”, realizado em Campinas em agosto, como um momento de troca de experiências e informações sobre a situação da Psicologia Escolar em todo o país.

“Uma coisa que chamou atenção é que a gente não tem atuação do psicólogo no ensino médio. A proposta de reforma do ensino médio hoje é palco de disputa política e nós estamos com as escolas ocupadas, os estudantes conclamando os psicólogos pra fazer parte desse momento, inclusive chamando pra dar suporte aos estudantes”.

DSC_0601

De acordo com Sales, uma das principais lutas travadas pela Comissão é a do reconhecimento legal da prática da (o) psicóloga (o) escolar, por meio da aprovação do Projeto de Lei 3.688/2000, que dispõe sobre a prestação de serviços de Psicologia e Serviço Social nas redes públicas de Educação Básica. “Nossa luta é para que tenha um psicólogo em cada escola pública desse país” concluiu.

Na ocasião, também foi apresentada a Comissão de Psicologia da Educação do regional, igualmente denominada PsinaEd.

PARA SABER MAIS ACESSE:

Publicação do CFP sobre Psicologia Escolar é lançada no DF