Autora: FRANCISCO; Andrielly Filizardo Buzzo

Ao estudarmos a influência das cores no processo de aprendizagem, percebemos que a utilização das cores tem uma ligação direta no desenvolvimento da criança, os estímulos decorrentes da presença de figuras coloridas contribuem para o aprimoramento da capacidade motora e cognitiva, raciocínio, fala, audição, dentre outras habilidades.

Desta forma, podemos perceber como um recurso visual, a ilustração abre caminhos para que a criança por meio do livro didático explore sua criatividade e imaginação desde  muito pequena, mesmo que ainda não tenha o domínio da fala completo.

Assim, nota-se que o livro didático não é somente para quem sabe ler e escrever corretamente, mas sim que as ilustrações desempenham um papel fundamental e possibilita á leitura por meio das cores e das imagens imprimidas no papel.

A criança é influenciada pelas cores desde a fase inicial de vida, estendendo-se por muitos anos. As cores alegres e vibrantes comprovadamente chamam a atenção das crianças de 0 a 10 anos por este fato, os pais devem usar e abusar do “mundo colorido” como peça importante também na educação dos filhos.

As cores facilitam no processo de assimilação dos ensinamentos por parte dos pais, entretanto, é preciso que eles estejam preparados para utilização desta importante ferramenta de aprendizado. “Não basta encher a casa de figuras coloridas e não estimular a criança. É fundamental que os pais associem a cor ao objeto” (Ferreira, 2013, p.55).

A criança estimulada desde pequena se desenvolverá melhor e quando chegar à fase de alfabetização terá mais facilidade, ou melhor, compreensão do que está sendo posto em sala de aula para ela, porém não mais com a presença dos pais e sim do professor que irá auxiliar na aprendizagem da leitura e da escrita.

A cor traz um estimulante visual, o planejamento gráfico tem sido um recurso importante, que ganha cada dia mais o mundo editoral infantis, didáticos, tornando uma essencial ferramenta de trabalho com as crianças, pois desperta á curiosidade e a imaginação infantil. Nesse sentido, podemos dizer que o livro ilustrado se tornou um determninante na escolha de ler ou não determinado livro.

O contato com as cores e com as formas possibilitam a criança o instinto dos desejos infantis, os livros didáticos proporcionam as crianças novas possibilidades do contato com a leitura, como nas obras infantis, literatura e na vida.

A maioria dos livros apresentam estas possibilidades, depende do professor saber explorar este recurso em sala de aula, onde promove-se um espaço para interação, as crianças precisam serem instigadas ao conhecimento, inclusive descobrir novos sentidos a leitura e a escrita.

Pois somente por meio da leitura que a criança adquire conhecimento, trazendo para a sua vida novos repertórios. Por meio dos livros se enriquece o aprendizado, solidificando o contato com a busca pelo conhecimento e este aprendizado necessita de incentivo.

A imagem e as cores não surgem por acaso nos livros, sempre terá uma finalidade, o trabalho com as ilustrações requer um código visual ao leitor para que possa construir imagens, pois cada detalhe aguça a criança no despertar da leitura e do conhecimento do saber.

Por meio das ilustrações existe uma mistura de sentimentos, emoção que é preciso não apenas para um olhar crítico de perceber o mundo mágico através das cores nos livros, mas que transcendam o lúdico mostrando a criança como este mundo pode ser interessante e tão mágico quando se descobre a leitura, escrita.

Pois as crianças possuem imaginação, inteligência para identificar isto, elas precisam de alguém que mostre o caminho da leitura, que neste caso é o professor, sendo peça chave neste mundo de descobertas do aprendizado.

Por fim, através das pesquisas feitas percebe-se como o ser humano pode ser influenciado de maneira útil, não só pelas imagens, pelas falas dos outros, mas também pelo universo das cores, que trazem com elas a paz interior e a descoberta de uma linguagem não falada, mas sim sentida por meio das emoções que as cores trazem em nosso cotidiano.

As cores são assimiladas pelo ser humano por meio do sentido da visão, é neste sentido que faz vibrar o ser humano, motivado pelas suas emoções e sentimentos, a cor é indispensável ao homem para que conheça o mundo, por meio das cores reconhecemos e compreendemos melhor o mundo a nossa volta.

Na arte a cor é importante porque a pintura é um elemento que transmite os sentimentos, suas intenções, desta maneira, os livros didáticos com cores cumpre a função de emitir sentimentos ás crianças, elas colocam o sentimento e a emoção no conatato com o mundo lúdico, sendo assim, as cores influenciam as crianças na busca do conhecimento.

REFERÊNCIA

FERREIRA, Kacinni. Psicologia das cores. Rio de Janeiro: Walk Editora, 2013.

Para citar este artigo:

FRANCISCO; Andrielly Filizardo Buzzo. PSICOLOGIA DAS CORES. Publicado em: 27 de junho de 2017. Disponível em: <http://blogdapsicologia.com.br/unimar/2017/06/psicologia-das-cores/>. Acesso em: 21 de julho de 2017.

PSICOLOGIA DAS CORES

Faça Seu comentário