Resultados de um estudo apresentado por cientistas na conferência do European College of Neuropsychopharmacology identificaram a parte do cérebro responsável pelas “vozes” ouvidas por pacientes que sofrem de .

Além de identificar a região anatômica do encéfalo que é responsável pelas vozes (uma área do cérebro específica no lobo temporal, que é associada à linguagem), os pesquisadores conseguiram êxito em silenciar parcialmente as vozes utilizando-se de terapia de pulsos magnéticos.

O estudo, que ainda será publicado no periódico Schizophrenia Bulletin: The Journal of Psychoses and Related Disorders, foi realizado por uma equipe de cientistas franceses com um total de 59 pacientes diagnosticados com esquizofrenia e com sintoma de alucinação auditiva. Deste grupo, 26 receberam terapia de pulsos magnéticos conhecida como Estimulação Magnética Transcraniana (EMTr), sendo que os outros 33 compuseram o grupo controle, com tratamento placebo.

Foi utilizado um protocolo de entrevista com os pacientes, conhecido como Escala de Alucinação Auditiva*, que revelou as características mais frequentes das vozes ouvidas por cada paciente.

Após, foi feito o tratamento com com o grupo de 26 pacientes, que consistiu no uso de pulsos magnéticos de 20Hz de alta frequência na região identificada como responsável pelas vozes ouvidas nas alucinações, sendo duas sessões no dia por 2 dias seguidos. O grupo controle recebeu um placebo.

Após 2 semanas do tratamento e reavaliação dos pacientes, foi constatada melhora significativa em 34,6% daqueles cuja terapia de pulsos magnéticos foi utilizada. Essa melhora diz respeito à diminuição de mais de 30% no escore obtido na Escala de Alucinação Auditiva. No grupo de controle (placebo) a melhora foi de 9,1%.

O tratamento é visto como promissor na diminuição da gravidade do sintoma de alucinações auditivas em pacientes diagnosticados com esquizofrenia e que não apresentam melhora no uso de medicação. Embora não seja uma forma de prevenção ou cura da enfermidade, tal tratamento pode auxiliar na melhoria de vida dos pacientes.

A esquizofrenia é um transtorno mental severo que atinge cerca de 21 milhões de pessoas no mundo inteiro, segundo dados da Organização Mundial da Saúde. Entre os diversos sintomas manifestados, incluem-se alucinações, delírios, pensamentos confusos entre outros. Um dos sintomas mais conhecidos é ouvir vozes, também conhecido como alucinações auditivo-verbais, que cerca de 70% das pessoas acometidas com esquizofrenia relatam ter experienciado.

 

Com informações de Science Daily

*Não foi encontrado teste correspondente no Brasil ao utilizado pela equipe francesa.

Cientistas identificam parte do cérebro responsável por alucinações auditivas
Classificado como: